Atletas do Novo esperam com ansiedade a estreia do clube na Copa do Brasil

Apesar da preparação para a estreia do Novo na Copa do Brasil, que começou na temporada passada, os atletas do clube não escondem a ansiedade para o primeiro jogo do clube na competição. A partida vai ser nesta quarta-feira (31), no Morenão, em Campo Grande, com portões fechados.

O zagueiro Rincon já fazia parte do elenco, que conquistou o vice-campeonato do Sul-Mato-Grossense 2017, e consequentemente, a classificação para a Copa do Brasil. Assim como o Novo, ele vai participar do campeonato pela primeira vez.

– A expectativa é muito grande, um trabalho que começamos o ano passado com o novo. Graças a Deus conseguimos essa vaga. Pra mim no particular, que fiz parte do elenco no ano passado, é muito gratificante. Estamos treinando, acredito que o time está preparado para fazer um bom jogo amanhã – conta Rincon.

Danilo Bahia, já tem experiência na competição. O meia-atacante defendeu o Asa de Arapiraca. – Copa do Brasil é uma competição boa de disputar, todo jogador, quer participar. Espero contribuir da melhor forma possível, pra que possamos entrar para a história do Novo – afirma Danilo.

Morenão sem torcida

O Ministério Público Estadual (MPE) liberou o Morenão apenas para jogos com portões fechados. O motivo é que algumas adequações, para a segurança do público, que foram combinadas após a liberação para o estadual de 2017, não foram feitas até o momento.

Os jogadores lamentam a falta do torcedor no estádio. – O brilho da competição, devido ao portão estar fechado, caí muito. Ainda mais para o Novo que é um campeonato histórico. Pela primeira vez e com portões fechados. Todo jogador sonha jogar com a sua torcida apoiando. Então é lamentável. Esperamos que os próximos jogos sejam com portões abertos, porque é isso aí que abrilhanta mais o campeonato nacional e o estadual também – conclui Rincon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicado por Rádio Líder FM em Sexta, 17 de novembro de 2017