Prefeito de Serra Talhada cria gabinete de crise e decreta ‘Estado de Emergência’


Na manhã desta segunda-feira (28), o prefeito de Serra Talhada (PE), Luciano Duque, convocou uma coletiva de imprensa realizada na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Serra Talhada) para decretar emergência no municipio, após esse periodo de greve dos caminhoneiros. Segundo ele, serviços essenciais poderão ser afetados. “Decretamos o Estado de Emergência. A gente convocou os empresários do setor de gás e combustível do municipio para fazemos uma avaliação. Tivemos também uma reunião com a policia militar. A ideia é que saisse um comboio daqui para pegar combustível, mas isso não está assegurado ainda”, falou o prefeito.

Ainda na coletiva, o prefeito explicou como será feita esse abastecimento para os serviços prioritários do municipio. “A diretora da AMUPE, Débora Almeida, nos informou que estão tentando garantir o transporte atraves do Exército Brasileiro com um caminhão com combustível para Serra Talhada. Essa é uma das medidas que foram acertadas. Seguramente virão 15 mil litros de combustível, mas ainda é insuficiente para atender os serviços que precisam ser prestados a sociedade. Esses 15 mil litros serão para atender toda a região próxima a Serra Talhada. Isso está sendo discutido lá no Comite Estadual de Crise”, finalizou ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *