SOMENTE AGORA: Vereadores aprovam desapropriação do terreno do novo aterro sanitário de Serra Talhada

A desativação do antigo lixão de Serra Talhada rendeu um novo capitulo. Em sessão legislativa do último dia 4 de março, na Câmara de Vereadores de Serra Talhada (PE), foi aprovado por unanimidade a desapropriação de um terreno de 10,1 hectares as margens da PE-320, próximo da cidade de Calumbí (PE), mas em território pertencente ao município de Serra Talhada (PE). Esse dito terreno é o mesmo que desde o ano passado funciona o novo aterro sanitário através de uma licitação vencida pela empresa gaúcha Hertz.

O terreno é uma gleba de terra denominada de Baixio da Carnaúba, antes pertencente á dois irmãos conforme consulta realizada na escritura do terreno no cartório do 1° oficio de Serra Talhada. A desapropriação foi aprovada pelo decreto N° 2.174, de 4 de março de 2018, para fins de utilidade publica.

Anteriormente o aterro sanitário de Serra Talhada (lixão) funcionava as margens da PE-390, que liga Serra Talhada a cidade de Floresta. Para desativar e retirar o esse antigo lixão, a empresa Hertz (a mesma que administra o novo aterro sanitário) recebeu R$ 570 mil reais da prefeitura de Serra Talhada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicado por Rádio Líder FM em Sexta, 17 de novembro de 2017